login
Tue 26 of Jul, 2016 (04:28 UTC)

[root@madeira.eng.br ~]#

Linux - It is now safe to turn on your computer

Recent Blog Posts

atualizar cache imprimir

Um dia o decoder de TV a cabo irá morrer !

por Frederico Madeira
Sunday 24 of April, 2016
Posted to Frederico Madeira's Blog
Excelente projeção da evolução da TV a cabo. Nesse novo mundo não teremos mais o decoder, nossas TV's rodarão app's de cada operadora e não precisaremos dos decoders, apenas da nossa banda larga.

A Comcast, TV por assinatura americana, já avança nesse sentido disponibilizando apps para o Roku e televisores Samsung e promete para mais dispositivos, ela lançou o App Xfinity 2 que disponibiliza o acesso on-demand da programação da TV, programas e oferece um DVR baseado na cloud.

Segundo artigo da Wired abaixo 1, os usuários americanos gastam $ 200,00 por ano com aluguel do decoder e as operadores de TV por assinatura faturam $19,5 bilhões por ano com esse aluguel.
Será que no Brasil, as operadoras de Tv a cabo estão buscando uma forma de compensar essa futura perca através da limitação da banda larga fixa 3 ?
E como ficaremos tendo em vista que os provedores de banda larga desejam limitar nossa banda larga ? Novamente afirmo, estamos indo contra a evolução da própria internet.

O que vocês acham sobre essa evolução ? comente !

1 Cable Boxes Suck. One Day They’ll Die. Until Then We Have to Fix Them.
2 Xfinity app
3 Limite de consumo na banda larga fixa é benéfico, segundo Anatel
4 Anatel proíbe limites na internet de banda larga 'por prazo indeterminado'

atualizar cache imprimir

A morte do SIM card está cada vez mais próxima e o substituto pode ser digital

por Frederico Madeira
Wednesday 22 of July, 2015
Posted to Frederico Madeira's Blog
O SIM card, aquele chip da operadora que você coloca no seu aparelho, morreu. Vida longa ao e-SIM.

A Financial Times trouxe a informação que Samsung e Apple estão prestes a assinar um acordo de um padrão de arquitetura comum para um SIM card eletrônico que pode substituir os SIM físicos por completo. Com ele, será possível trocar de operadora sem a necessidade de mudar de cartão — uma habilidade que “mudaria fundamentalmente a maneira como consumidores assinam contratos com operadoras”, como diz a Financial Times.
.
E isso é bom? Depende. Por um lado, poderá mudar de operadora sem precisar de trocar de SIM card. Por outro, isso significa menos poder para as operadores e mais para os fabricantes.

Oficialmente, SIM significa subscriber identity module - ou módulo de identidade do assinante. Um circuito que armazena um número chamado identidade móvel internacional do assinante que identifica o utilizador por redes, além de outras cruciais informações de segurança.
Os primeiros SIM Card a chegarem ao mercado foram feitos por uma empresa de segurança alemã. Fundada por volta de 1850, a Giesecke & Devrient focava-se originalmente em desenvolver papel-moeda - imprimia o dinheiro para muitos Estados do Império Alemão antes dos anos 1870. A companhia sobreviveu à entrada da era moderna e patenteou um número de sistemas de autenticação de tecnologias modernas, incluindo a fita magnética do cartão de crédito e sistemas de identificação de comunicação sem fio. Também criaram o primeiro SIM card comercial em 1991, vendendo 300 chips a uma empresa de comunicações finlandesa hoje conhecida por Elisa Oyk.

Vide Artigo Completo e outras referências:

http://gizmodo.uol.com.br/a-morte-do-sim-card-esta-cada-vez-mais-proxima-e-o-substituto-pode-ser-digital/
The SIM card is about to die
Apple SIM and the death of the SIM card
atualizar cache imprimir

IETF e padrões da Internet

por Frederico Madeira
Tuesday 14 of October, 2014
Posted to Frederico Madeira's Blog
Vídeo muito legal explicando um pouco sobre o papel do IETF na padronização dos protocolos e tecnologias utilizadas na internet.

atualizar cache imprimir

RedHat incorpora o CentOS, seu clone mais utilizado

por Frederico Madeira
Thursday 09 of January, 2014
Posted to Frederico Madeira's Blog
Ontem, através de um comunicado na lista CentOS-announce foi anunciando que o projeto CentOS e a RedHat estão juntando forças.
Segundo o comunicado, através desta união com o ecosistema do Fedora e RHEL, o projeto CentOS espera poder expandir as ofertas para a comunidade, dando acesso a outros projetos, promovendo as soluções e mantendo a estabilidade das mesmas.

Destaco o comentário de Brian Stevens, Red Hat's executive vice president and chief technology officer:

"It is core to our beliefs that when people who share goals or problems are free to connect and work together, their pooled innovations can change the world. We believe the open source development process produces better code, and a community of users creates an audience that makes code impactful. Cloud technologies are moving quickly, and increasingly, that code is first landing in Red Hat Enterprise Linux. Today is an exciting day for the open source community; by joining forces with the CentOS Project, we aim to build a vehicle to get emerging technologies like OpenStack and big data into the hands of millions of developers."

Isso pode significar que em breve a comunidade poderá ter acesso as tecnologias emergentes da RedHat. Vamos aguardar para ver este desdobramento.

Baseado nos comunicados feitos e no FAQ,o CentOS continuará sendo gratuito, o principal objetivo desta junção é difundir, testar e tornar conhecidas as soluções da RedHat nas áreas de Cloud e Virtualização.

Mais informações:

CentOS Project joins forces with Red Hat
Red Hat and CentOS Join Forces
Red Hat incorporates 'free' Red Hat clone CentOS
Red Hat + CentOS FAQ
atualizar cache imprimir

Afinal, o que é Pentest (Penetration Test)?

por Frederico Madeira
Wednesday 08 of January, 2014
Posted to Frederico Madeira's Blog
Em uma tradução livre, Pentest deriva do conceito inglês “Penetration Test“, que em português significa “Teste de Penetração“.

O Pentest trata-se de um método para testar e descobrir vulnerabilidades em uma Rede e/ou Sistemas Operacionais e até mesmo Aplicações Web. Neste processo, são analisadas e exploradas todas as possibilidades de vulnerabilidades. O “Teste de Penetração” engloba métodos de avaliação de segurança em um sistema de computador ou rede, realizando simulações de ataques como se fosse um estranho mal intencionado no intuito de invadir um sistema. Tais testes possibilitam verificar a real estrutura do sistema, que é vasculhado em todas as áreas co-relacionadas à estrutura de segurança

Confiram o artigo completo em Profisionais de TI
atualizar cache imprimir

Display Centric World

por Frederico Madeira
Friday 27 of December, 2013
Posted to Frederico Madeira's Blog
Um vídeo divulgado pela Samsung mostrou um futuro inovador dominado pelas telas touchscreen e também flexíveis. A empresa sul-coreana é líder na produção e desenvolvimento de displays para as mais diversas aplicações, como smartphones, tablets, TVs, e muito mais.

Saiba mais em :Samsung divulga vídeo futurista que mostra que o futuro dos displays está nas telas flexíveis



O que vocês acham ?
atualizar cache imprimir

Artigo - Substituindo um disco em falha em um array RAID1 via software em Linux

por Frederico Madeira
Wednesday 01 of May, 2013
Posted to Frederico Madeira's Blog
Para garantir a disponibilidade dos arquivos armazenados em meu servidor, fiz a implementação de um array em RAID 1 com dois discos de 2Tb. O RAID 1 garante espelhamento dos dados gravados nos discos. Desta forma, se um dos discos sofrer algum problema, os dados continuam íntegros pois possuem uma réplica no segundo disco.

Recentemente ocorreu uma falha em um dos discos do meu servidor e decidi escrever este artigo mostrando como recuperar um disco em falha e reconstruir o array, garantindo assim a disponibilidade dos seus dados.

Leia o artigo na integra em : Substituindo um disco em falha em um array RAID1 via software em Linux
atualizar cache imprimir

Artigo - Extraindo os treinos de corrida do Garmin Forerunner 610 no Linux

por Frederico Madeira
Sunday 07 of April, 2013
Posted to Frederico Madeira's Blog
Recentemente adquiri um relógio Garmin Forerunner 610 e me deparei com a necessidade de baixar minhas corridas registradas nele para o site da Garmin Connect e a partir dai fazer a análise dos meus treinos.

Este relógio se conecta ao PC Windows através de um dispositivo USB que se conecta ao relógio através do protocolo ANT / ANT+ e infelizmente este dispositivo só disponibiliza drivers/Software para Windows e Mac permitindo a sincronização dos treinos com o site da Garmin. Eis ai o meu problema, como baixar meus treinos do relógio para o site da Garmin se o meu desktop é Linux ?


Saiba como usar o Linux para baixar seus treinos. Artigo completo em Extraindo os treinos de corrida do Garmin Forerunner 610 no Linux
atualizar cache imprimir

Discos de Boot para troubleshooting de Sistemas Operacionais

por Frederico Madeira
Wednesday 20 of February, 2013
Posted to Frederico Madeira's Blog
Segue um artigo que faz traz algumas soluções de CD's de boot para realização de troubleshooting de sistemas operacionais,
Quando alguma coisa para de funcionar, você pode recorrer para algum das soluções indicadas para iniciar a verificação do seu sistema. Você pode verificar aspectos de hardware, modificar arquivos de configuração, remover senhas do windows, recuperar arquivos deletados, partições deletadas e muito mais. Vale a pena conferir e testar.

Five Best System Rescue Discs
atualizar cache imprimir

Password Crack using GPU Clusers

por Frederico Madeira
Monday 10 of December, 2012
Posted to Frederico Madeira's Blog
Quebrar passwords encriptados vem se tornando tarefas mais simples do que são regularmente. Pesquisadores tem desenvolvido e explorado recursos além da CPU das máquinas como GPU e cloud para executar esta tarefa.
Na notícia abaixo, Jeremi Gosney, apresentou na conferência Passwords^12 um cluster de 5 servidores de 4U e 25 GPU's AMD Radeon em suas placas de video sendo capaz de processar 180 bilhões de hashes MD5 por segundo.

Na notícia ele cita estatísticas impressionantes:

Algorítimo Hashes per second
MD5 180 bilhões
SHA1 63 bilhões
Sha512crypt 364,000
Bcrypt 71,000


Comenta ainda que o cluster levou apenas 5,5 horas para quebrar(descobrir) o hash de uma senha de 8 caracteres baseada em NTLM ou LM. Usuários do Windows que se cuidem.

Link em inglês para a notícia completa: Huge GPU cluster makes password hacking a breeze